Mobile experience: como é possível melhorar o engajamento dos alunos no campus?

Atualmente, os dispositivos móveis são onipresentes e permeiam todos os aspectos de nossa vida, permitindo-nos fazer as coisas quando e onde precisamos. Com tamanha importância, não é de admirar que as experiências móveis (mobile experience) tenham alcançado também a educação.

Quando falamos de educação, o impacto de uma boa experiência móvel pode ser sentido diretamente no desempenho dos alunos. A educação pode ser (e está sendo!) completamente transformada pela nuvem e aplicativos móveis que permitem superar desafios e aumentar o alcance do conhecimento.

O mobile experience na educação pode aumentar o engajamento de toda comunidade (incluindo alunos, professores, funcionários, administradores e pais) de formas nunca vistas.

Para que você fique por dentro, abaixo te mostramos os desafios que podem ser superados na educação com a ajuda de tablets e smartphones! Acompanhe!

Os desafios da educação que o mobile experience ajuda a superar

O mobile experience na educação representa uma forma de abordar vários dos nossos problemas educacionais. Dispositivos como smartphones e tablets permitem a inovação e ajudam alunos, professores e pais a obter acesso a conteúdo digital e avaliação personalizada vital para um mundo pós-industrial.

Os dispositivos móveis, usados ​​em conjunto com a conectividade sem fio 4G / 5G são ferramentas essenciais para melhorar o aprendizado dos alunos. A tecnologia de conexão sem fio é uma forma de fornecer novos conteúdos e facilitar o acesso às informações onde quer que o aluno esteja, dentro ou fora da sala.

À medida que telefones celulares, tablets e outros dispositivos conectados se tornam mais comuns e acessíveis, o mobile experience pode melhorar drasticamente o aprendizado e levar conteúdo digital aos alunos.

Os alunos adoram a tecnologia móvel e a usam regularmente em suas vidas pessoais. Portanto, não é surpresa que os jovens queiram empregar dispositivos móveis para tornar a educação mais envolvente e personalizá-la de acordo com suas necessidades específicas.

Em comparação com atividades não-tecnológicas, a tecnologia móvel permite aumentar o envolvimento dos alunos. Por isso, instituições de ensino e educadores precisam entender como aproveitar o mobile experience para impulsionar o aprendizado.

Veja mais >> Os segredos de ensinar em um mundo digital

Os benefícios do mobile experience para a educação

A aprendizagem móvel torna possível estender a educação além dos limites físicos da sala de aula e além dos períodos fixos do dia escolar. Ela permite que os alunos acessem o conteúdo de casa, se comuniquem com professores e trabalhem com outras pessoas online.

Dessa forma, o mobile experience oferece os seguintes benefícios para alunos, educadores e instituições:

  1. Aprenda em qualquer lugar, a qualquer hora

O aprendizado móvel permite flexibilidade, eliminando a necessidade de que o ensino aconteça em um determinado momento e lugar, e permitindo que os alunos acessem o conteúdo quando e onde quiserem.

Isso aumenta a flexibilidade, algo valorizado por alunos que, cada dia mais, dividem seu tempo de estudo com diversas outras atividades. O mobile experience se integra perfeitamente a aprendizagem na rotina diária do aluno, o que resulta na conclusão bem-sucedida do estudo e na retenção de conhecimento.

  1. Entrega reduzida levando a um aprendizado mais rápido

A mudança em direção à micro aprendizagem — que permite aos alunos digerir “pedaços” menores de conteúdo para aumentar a absorção — é impulsionada pela adoção de celulares como um modo de aprendizagem.

O conteúdo apresentado através de dispositivos móveis é nítido e conciso. As informações são mais facilmente acessíveis quando necessárias para o treinamento, não importa onde o aluno esteja. Isso ajuda a evitar a sobrecarga cognitiva e aumenta o aprendizado.

  1. Melhora a retenção de conhecimento

O mobile experience leva a uma maior retenção de conhecimento, graças ao fato de que os alunos são mais propensos a lembrar de dados nítidos e concisos, que eles consideram relevantes e relacionáveis, no momento que precisarem.

Assim, eles serão capazes de relembrar informações de maneira mais fácil e melhorar seu desempenho, visto que conseguem gravar o assunto em sua memória de longo prazo.

Além disso, mais e mais alunos agora preferem conteúdo multimídia para permanecer envolvidos em um ambiente de aprendizagem, como vídeos, podcasts e áudios. Eles também apreciam mais controle sobre suas sessões de ensino — tudo possibilitado pelo mobile experience.

  1. Personalização que leva a uma taxa maior de engajamento

Uma das vantagens amplamente conhecidas do aprendizado móvel é a personalização. Os cursos feitos sob medida promovem uma maior taxa de engajamento e motivação para os alunos.

Em suas vidas individuais, os jovens estão acostumados aos conteúdos personalizados e comunicação instantânea. Eles buscam informações 24 horas por dia e querem informações que sejam relevantes para seus interesses particulares.

Assim, a educação também deve ser uma atividade individualizada. O conteúdo deve ser onipresente e personalizado para que os alunos possam seguir suas paixões de aprendizado e descobrir onde obter respostas para perguntas básicas.

  1. Design responsivo que leva à fácil adoção

Todos nós já nos deparamos com sites que ficam bem em nossos computadores e notebooks, mas não funcionam bem em nossos smartphones.

O design responsivo permite que a interface se adapte a vários tamanhos de dispositivos, seja desktop, laptop, smartphone ou tablet. Isso possibilita que os alunos tenham sempre o conteúdo em mãos, não importa qual dispositivo utilizem.

A adoção do mobile experience na educação vai de encontro às mudanças que a tecnologia tem trazido ao perfil comportamental do aluno. Cada dia mais, as novas gerações dominam as salas de aula de faculdades, querendo uma aprendizagem adequada às suas realidades.

Para saber mais sobre como o mobile experience melhora o engajamento dos alunos, entre em contato conosco!

N&DC Systems IntegrationMobile experience: como é possível melhorar o engajamento dos alunos no campus?
Leia Mais

Ensino híbrido: por que ele é uma tendência que amplia a aprendizagem?

Os últimos anos foram marcados por evoluções tecnológicas que revolucionaram todos os setores. No departamento de Treinamento e Desenvolvimento (T&D) não foi diferente. Soluções digitais de aprendizagem e treinamento surgiram para tornar o ensino mais interativo e dinâmico.

As iniciativas digitais de educação, também conhecidas como e-learning, permitiram às empresas criar experiências de aprendizado mais adequadas à rotina dos funcionários. Com a pandemia do coronavírus isso ficou ainda mais claro.

Alunos, profissionais e professores foram enviados para casa para conter o vírus e manter as medidas de distanciamento necessárias, exigindo que novos métodos inovadores de educação e treinamento surgissem para suprir a lacuna deixada pela sala de aula física.

Todos esses fatores fizeram surgir um novo conceito: o de ensino híbrido, um conceito que cresceu em popularidade nos últimos anos.

No artigo de hoje, mostraremos por que o ensino híbrido é uma tendência e o que esperar para o mercado de treinamentos online para o próximo ano!

O que é ensino híbrido?

O ensino híbrido combina o melhor de dois ambientes de treinamento: o tradicional treinamento presencial em sala de aula e o e-learning de alta tecnologia. Enquanto a sala de aula oferece uma oportunidade de aprendizado com feedback face a face imediato, a aprendizagem online oferece um ensino mais personalizado e individualizado.

O ensino híbrido permite que sua empresa una esses benefícios para oferecer uma oportunidade de aprendizado completa. Ao cobrir todas as bases, você pode envolver todos os tipos de alunos, incluindo:

  • aqueles que aprendem melhor em um ambiente estruturado que inclui interação face a face com um professor;
  • e aqueles independentes que aprendem melhor com treinamento semiautônomo baseado em computador.

Isso porque sua empresa provavelmente é uma mescla de pessoas de diferentes gerações. Tanto os das gerações Y e Z, que estão mais acostumados com o aprendizado digital, bem como alunos de gerações anteriores, mais tradicionais.

Por que o ensino híbrido?

Para as organizações, o e-learning permite que uma oferta variada de cursos seja oferecida simultaneamente, em um fluxo de trabalho regular e ininterrupto. Mas embora essas ferramentas digitais sejam sim eficazes, elas ainda são insuficientes em alguns quesitos valorizados pelo aprendizado tradicional.

O ensino híbrido surge para preencher essas lacunas. Eles oferecem uma forma de combinar o melhor dos dois mundos, unindo métodos tradicionais utilizados em uma sala de aula física com as ferramentas digitais do e-learning. Dessa forma, é possível enfatizar o benefício de cada um deles, quando for apropriado. Na prática, isso se traduz nos seguintes benefícios:

Benefícios para alunos

  • Oferece ao aluno conveniência e flexibilidade, dando a eles a capacidade de controlar seu ritmo de aprendizagem e compreender de maneira ampla o conteúdo do curso;
  • Suporta o aprendizado coletivo, permitindo que os alunos interajam com instrutores e colegas alunos. O método entende a importância da interação humana para enriquecimento da aprendizagem.

Benefícios para organizações

  • Reduz os custos de treinamento presencial, como viagens, acomodação e materiais impressos de treinamento;
  • As empresas podem usar diversos métodos de e-learning, como webinars, gamificação etc., que resultam em um melhor envolvimento do aluno;
  • Leva em consideração o perfil de cada aluno para adequar o método de ensino mais eficaz;
  • Também é mais fácil rastrear exatamente quem completou ou não o treinamento e qual foi o desempenho de cada aluno nos cursos.

Como aplicar o ensino híbrido

O design de cursos híbridos é um processo que requer a contribuição de uma variedade de profissionais para atingir seu potencial máximo. Isso porque precisa ser fundamentado nas melhores práticas estabelecidas, bem como nas necessidades individuais do aluno.

Por exemplo, embora possa ser verdade que certas habilidades são mais bem aprendidas em um ambiente físico, com experimentos práticos, para alguns alunos esses métodos podem ser inacessíveis devido às limitações geográficas ou necessidades especiais.

O designer do curso que trabalha para construir um módulo híbrido precisa ter o conhecimento e a experiência para levar todos esses fatores em conta. Isso é feito considerando as necessidades dos alunos e o conteúdo para construir módulos que sejam flexíveis o suficiente para atender às necessidades de cada um, ao mesmo tempo que sejam adequados ao conteúdo.

Um sistema de gerenciamento de aprendizagem (LMS) de ponta deve ajudar os profissionais de aprendizagem a obter o máximo do ensino híbrido. Para isso, o sistema deve estar equipado com tecnologias como aprendizado de máquina e Inteligência Artificial (IA) que permitem coletar dados e identificar tendências.

Isso beneficia tanto funcionários quanto organização de algumas maneiras:

  • Análises e insights individualizados ajudam a reforçar comportamentos positivos, como interações diárias do curso;
  • As análises de avaliação que moldam o conteúdo e os objetivos são apresentadas conforme os alunos completam as lições e módulos;
  • As ferramentas de avaliação podem reunir informações sobre a retenção e o domínio das aulas offline, seja em seminário ou em forma experimental.

Ao usar análises, os analistas de T&D podem avaliar melhor se os componentes individuais estão funcionando conforme desejado em seu formato de apresentação atual. Isso permite que eles alterem o módulo e seus componentes à medida que mais dados são coletados sobre a eficácia de um determinado método.

Isso é muito importante porque o melhor método de entrega pode mudar com o tempo, à medida que novas ferramentas são desenvolvidas para ajudar os alunos a internalizar conceitos importantes. Sem dúvidas, o ensino híbrido é o caminho a seguir para aquelas organizações que querem casar eficiência com custos baixos.

E na sua empresa? Como o Treinamento e Desenvolvimento é aplicado? Já utilizam ferramentas de ensino on-line?

 Comente abaixo e compartilhe suas ideias e realidade conosco!

N&DC Systems IntegrationEnsino híbrido: por que ele é uma tendência que amplia a aprendizagem?
Leia Mais